IMAGENS DO PASSADO: “OS BEATLES”

Quatro lendas da música “pop” que revolucionaram a sociedade de uma época, em todo o mundo ocidental, sobretudo entre a juventude… numa foto dos seus primeiros tempos, publicada na revista Zorro nº 110 (14/11/1964). Da esquerda para a direita: John Lennon, Ringo Starr, Georges Harrison e Paul McCartney.

Foi Larry Barnes quem os descobriu, durante uma digressão na Escócia, em 1960. Ringo Starr só se juntou ao grupo em 1962. A sua primeira gravação data de Setembro de 1961 e incluiu dois trechos: “Love me do” e uma nova versão de um velho êxito: “P. S. I love you”. Esse primeiro disco não chamou muito as atenções. Mas o segundo, com o título “Please, please me”, bateu todos os recordes.

A partir desse estrondoso êxito, a carreira ascensional dos Beatles tornou-se um fenómeno, difundindo a sua imagem e a sua música em todo o mundo. Ainda hoje são uma lenda, que influenciou várias gerações!

Advertisements

HAGAR E O FUTEBOL

O triste caso, que tanta celeuma provocou, ocorrido recentemente na Academia do Sporting, em Alcochete, assemelha-se, aqui para nós, a um jogo de futebol sem bola, em que uma das “equipas” — ainda por cima mais numerosa — procura derrubar os “adversários”, recorrendo a meios violentos.

Mas esse jogo já tinha sido inventado no século X pelos Vikings, povo bélico do Norte da Europa, famoso pelos seus saques e pelas suas viagens marítimas.

Prova disso é esta página da hilariante série Hägar, o Abominável [Viking], criada por Dik Browne, que fez as delícias de muitos leitores de jornais e revistas, mormente do Mundo de Aventuras, de cujo nº 396 (2ª série) a extraímos.

A bola só apareceu muitos séculos depois… e ainda hoje há quem a confunda com as pauladas e as cabeçadas!

FESTIVAL INTERNACIONAL DE BD DE BEJA: 25 DE MAIO A 10 DE JUNHO 2018

O Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja abrirá portas a 25 de Maio próximo, de novo espraiado pelo centro histórico daquela bonita cidade alentejana.

Conferências, conversas com autores, lançamentos de livros e fanzines, sessões de autógrafos, apresentação de projectos, workshops, mercado do livro, concertos desenhados e 20 exposições farão parte do apetecível menú de um evento que se consolida em cada edição.

Estarão representados autores de Angola, Brasil, Espanha (País Basco), França, Itália, Suécia e, evidentemente, Portugal. Destaque para uma exposição retrospectiva de Jayme Cortez (1926-1987), desenhador português que marcou uma geração de autores, nomeadamente no Brasil, país para onde emigrou muito jovem.

José Ruy, Cristina Matos, Marco Gervasio, Rossano Rossi e Manuele Fior (italianos), Max Andersson (sueco) e Pierre-Henry Gomont (francês), serão alguns dos autores presentes no Festival. A inauguração está marcada para sexta-feira, dia 25, na Casa da Cultura, cerca das 21:00 horas. O Festival encerra a 10 de Junho.

Fonte: BDBD

IMAGENS DO PASSADO – 1

Esta foto histórica, com quatro dos maiores desenhistas brasileiros do século XX, verdadeiras glórias da ilustração e das “histórias em quadrinhos”, foi extraída de uma revista da EBAL (Editora Brasil-América Lda.), a Epopeia-Tri nº 55 (Fevereiro 1986).

Ivan W. Rodrigues foi autor da “História do Brasil em Quadrinhos” (2 vols.) e de outras obras documentais de referência; A. Monteiro Filho, precursor de toda uma geração de desenhistas, lançou as histórias em quadrinhos no Brasil; André Le Blanc foi o primeiro artista brasileiro do seu género a fazer carreira nos Estados Unidos; e António Euzébio tornou-se o capista, por excelência, da EBAL, com obras admiráveis espalhadas por dezenas de revistas (muitas das quais distribuídas também no nosso país).

PROGRAMA OFICIAL DA 5ª MOSTRA DO CLUBE TEX PORTUGAL (28 E 29 DE ABRIL)

Convite para a Inauguração da 5ª Mostra do Clube Tex Portugal, com arte de Alessandro Bocci

Data: 28 de Abril (sábado) e 29 de Abril (domingo)
Horário: 11h00 – 19h00 horas
Local: Museu do Vinho Bairrada – ANADIA

Entrada: GRATUITA, com direito a entrada, também gratuita, na Exposição Permanente, designada por Percursos do Vinho” e exposta ao longo de seis salas temáticas, com peças de valor arqueológico, etnográfico e técnico, reunidas com a colaboração de diversos vitivinicultores, entidades locais e nacionais; e na Exposição Temporária A Experiência do Lugar, assim se intitula esta exposição antológica dedicada a Júlio Resende, e que destaca algumas obras raras do artista, nomeadamente uma reprodução do fresco que realizou, em 1966, para o Tribunal de Justiça de Anadia.

Tema: A Mostra tem como ponto alto a presença de dois consagrados desenhadores italianos de banda desenhada: Alessandro Bocci e Alessandro Nespolino, que vêm expor trabalhos de sua autoria relacionados a Tex.

Alessandro Bocci  com “Maria Pilar” e “Il Mescalero senza Volto”Uma dúzia de pranchas (a preto e branco, mas também a cores) do autor, seleccionadas pelo próprio, que pretendem dar a conhecer aos visitantes, no seu formato original, algumas das mais belas páginas destas suas histórias de Tex.

Alessandro Nespolino com “Partita Pericolosa” – Uma dúzia de pranchas do autor, seleccionadas também pelo próprio, que pretendem dar a conhecer, aos visitantes da 5ª Mostra do Clube Tex Portugal, algumas das mais belas páginas da sua única, até ao presente, história de Tex.

Cartaz (da autoria de Alessandro Nespolino) da 5ª Mostra do Clube Tex Portugal

Programa

Sábado, 28 de Abril
14h30Chegada, a cavalo, de Tex Willer ao Museu do Vinho Bairrada;
14h45Inauguração Oficial da 5ª Mostra do Clube Tex Portugal (Auditório);
15h15Visita guiada por Alessandro Bocci e Alessandro Nespolino às suas exposições;
15h30Espumante de Honra, aberto aos convidados e público presente;
16h00 Apresentação do livro “Capitan Jack”, de Tito Faraci e Enrique Breccia (Polvo), com a participação de Rui Brito e Pedro Bouça, sob moderação de João Miguel Lameiras (Auditório);
16h30 Sessão de autógrafos com Alessandro Bocci e Alessandro Nespolino, disponível para todo o público presente, durante a qual os autores terão oportunidade de assinar os desenhos feitos por cada um especialmente para os cartazes da Mostra;
18h00 Desenho ao vivo com Alessandro Bocci e Alessandro Nespolino, EXCLUSIVO para sócios do Clube Tex Portugal (desenhos para não sócios somente depois de atendidos os pedidos dos sócios presentes);
20h30Jantar/Tertúlia com a participação de Alessandro Bocci e Alessandro Nespolino (Restaurante “Nova Casa dos Leitões”).

Domingo, 29 de Abril
11h00 Desenho ao vivo com Alessandro Bocci e Alessandro Nespolino, EXCLUSIVO para sócios do Clube Tex Portugal (desenhos para não sócios somente depois de atendidos os pedidos dos sócios presentes);
12h00 Sessão de autógrafos com Alessandro Bocci e Alessandro Nespolino;
13h00 Almoço/Tertúlia com a participação de Alessandro Bocci e Alessandro Nespolino (Restaurante “Curiagrillbar”);
15h00 Conferência “Tex na Colecção Bonelli” com a participação de José de Freitas, João Miguel Lameiras e Mário João Marques sob a moderação de Pedro Cleto (Auditório);
16h00 Sessão de autógrafos com Alessandro Bocci e Alessandro Nespolino;
17h00 Desenho ao vivo com Alessandro Bocci e Alessandro Nespolino. EXCLUSIVO para sócios do Clube Tex Portugal (desenhos para não sócios somente depois de atendidos os pedidos dos sócios presentes);
18h15 Festa de Encerramento.

Cartaz (da autoria de Alessandro Bocci) da 5ª Mostra do Clube Tex Portugal

ARTUR CORREIA HOMENAGEADO EM MOURA

É já no próximo domingo, 15 de Abril, que se inaugura em Moura, às 15:00 horas, uma exposição de trabalhos de Artur Correia, nome incontornável da Banda Desenhada e do Cinema de Animação recentemente desaparecido, como noticiámos.

A exposição, organizada pela Câmara Municipal de Moura, está inserida na 38ª edição da Feira do Livro e decorre no Parque de Feira e Exposições (pavilhão 2) daquela cidade, até ao próximo dia 26 de Abril.

Mais do que uma exposição sobre o conjunto da vasta obra de Artur Correia (iniciada, em 1948, n’O Papagaio), esta significativa mostra detém-se, maioritariamente, em material poucas vezes ou nunca antes exposto em público: esboços, ilustrações avulsas, argumentos e guiões, pranchas inéditas, cartunes, projectos começados e nunca concluídos, storyboards, postais ilustrados, jogos, revistas, capas de discos, filmes de animação, cartões de Aniversário e de Natal personalizados… Enfim, um vasto e diversificado leque de trabalhos que, certamente, encantarão quem tiver a oportunidade de ir a Moura, no coração do Alentejo.

E muita gente da “tribo” da BD se perfila já para marcar presença no dia 21 de Abril, sábado, data da sessão de homenagem póstuma, que inclui também o lançamento de mais um número dos “Cadernos Moura BD”, dedicado a Artur Correia (com duas histórias inéditas: “Donzela que vai à Guerra” e “A Nau Catrineta”). Será, também, exposto um conjunto de testemunhos (escritos e desenhados) de colegas de ofício e amigos de Artur Correia, que quiseram, dessa forma, associar-se a esta bela homenagem.

Nota: noticiário extraído do blogue BDBD (http://bloguedebd.blogspot.pt), a cargo de Luiz Beira e Carlos Rico. Em devido tempo, como anunciou, este blogue publicará a reportagem que se impõe sobre a meritória iniciativa da Câmara Municipal de Moura. Até lá, porque não uma visita à Feira do Livro e à grande exposição de Artur Correia, no próximo dia 21 de Abril?