IN MEMORIAM (DA MOUNETTE) – 10

Poesia Felina – 20, inédita, com ilustração de Catherine Labey.

Advertisements

IMAGENS DO PASSADO: JOSÉ GARCÊS NA SOBREDA

Mestre José Garcês — um orador cativante para uma assistência numerosa e interessada

Nesta foto, extraída do Mundo de Aventuras 460 – 2ª série, de 5-8-1982, José Garcês conversa animadamente com um grupo de alunos e de professores da Escola Preparatória da Sobreda (Caparica), onde se realizaram, entre 20 e 28 de Maio desse mesmo ano, por iniciativa de Luiz Beira, duas consecutivas exposições de Banda Desenhada Portuguesa, às quais estiveram presentes outros artistas, como Catherine Labey, Augusto Trigo e Carlos Alberto Santos.

A reportagem publicada no Mundo de Aventuras salienta a adesão, o entusiasmo e a curiosidade dos jovens alunos dessa escola e do vizinho externato A Colmeia, perante as úteis lições dos mestres que ainda não conheciam, numa “maravilhosa festa recreativa, didáctica e pedagógica”, como lhe chamou Luiz Beira.

Ao recordarmos este evento, em que José Garcês foi um dos principais intervenientes, aproveitamos a oportunidade para o felicitar, com muita amizade, pela passagem do seu 90º aniversário (23-7-2018), desejando-lhe as maiores felicidades e uma vida o mais longa possível — em que avultam os inúmeros marcos de uma memorável carreira ao serviço da cultura e das artes portuguesas e a satisfação do dever cumprido para com as gerações dos 7 aos 70 anos (parafraseando outro venerável expoente da BD, o Tintin), que acompanharam, com entusiasmo e admiração, os seus trabalhos.

IMAGENS DO PASSADO: “OS BEATLES”

Quatro lendas da música “pop” que revolucionaram a sociedade de uma época, em todo o mundo ocidental, sobretudo entre a juventude… numa foto dos seus primeiros tempos, publicada na revista Zorro nº 110 (14/11/1964). Da esquerda para a direita: John Lennon, Ringo Starr, Georges Harrison e Paul McCartney.

Foi Larry Barnes quem os descobriu, durante uma digressão na Escócia, em 1960. Ringo Starr só se juntou ao grupo em 1962. A sua primeira gravação data de Setembro de 1961 e incluiu dois trechos: “Love me do” e uma nova versão de um velho êxito: “P. S. I love you”. Esse primeiro disco não chamou muito as atenções. Mas o segundo, com o título “Please, please me”, bateu todos os recordes.

A partir desse estrondoso êxito, a carreira ascensional dos Beatles tornou-se um fenómeno, difundindo a sua imagem e a sua música em todo o mundo. Ainda hoje são uma lenda, que influenciou várias gerações!

IMAGENS DO PASSADO – 1

Esta foto histórica, com quatro dos maiores desenhistas brasileiros do século XX, verdadeiras glórias da ilustração e das “histórias em quadrinhos”, foi extraída de uma revista da EBAL (Editora Brasil-América Lda.), a Epopeia-Tri nº 55 (Fevereiro 1986).

Ivan W. Rodrigues foi autor da “História do Brasil em Quadrinhos” (2 vols.) e de outras obras documentais de referência; A. Monteiro Filho, precursor de toda uma geração de desenhistas, lançou as histórias em quadrinhos no Brasil; André Le Blanc foi o primeiro artista brasileiro do seu género a fazer carreira nos Estados Unidos; e António Euzébio tornou-se o capista, por excelência, da EBAL, com obras admiráveis espalhadas por dezenas de revistas (muitas das quais distribuídas também no nosso país).

ARTUR CORREIA HOMENAGEADO EM MOURA

É já no próximo domingo, 15 de Abril, que se inaugura em Moura, às 15:00 horas, uma exposição de trabalhos de Artur Correia, nome incontornável da Banda Desenhada e do Cinema de Animação recentemente desaparecido, como noticiámos.

A exposição, organizada pela Câmara Municipal de Moura, está inserida na 38ª edição da Feira do Livro e decorre no Parque de Feira e Exposições (pavilhão 2) daquela cidade, até ao próximo dia 26 de Abril.

Mais do que uma exposição sobre o conjunto da vasta obra de Artur Correia (iniciada, em 1948, n’O Papagaio), esta significativa mostra detém-se, maioritariamente, em material poucas vezes ou nunca antes exposto em público: esboços, ilustrações avulsas, argumentos e guiões, pranchas inéditas, cartunes, projectos começados e nunca concluídos, storyboards, postais ilustrados, jogos, revistas, capas de discos, filmes de animação, cartões de Aniversário e de Natal personalizados… Enfim, um vasto e diversificado leque de trabalhos que, certamente, encantarão quem tiver a oportunidade de ir a Moura, no coração do Alentejo.

E muita gente da “tribo” da BD se perfila já para marcar presença no dia 21 de Abril, sábado, data da sessão de homenagem póstuma, que inclui também o lançamento de mais um número dos “Cadernos Moura BD”, dedicado a Artur Correia (com duas histórias inéditas: “Donzela que vai à Guerra” e “A Nau Catrineta”). Será, também, exposto um conjunto de testemunhos (escritos e desenhados) de colegas de ofício e amigos de Artur Correia, que quiseram, dessa forma, associar-se a esta bela homenagem.

Nota: noticiário extraído do blogue BDBD (http://bloguedebd.blogspot.pt), a cargo de Luiz Beira e Carlos Rico. Em devido tempo, como anunciou, este blogue publicará a reportagem que se impõe sobre a meritória iniciativa da Câmara Municipal de Moura. Até lá, porque não uma visita à Feira do Livro e à grande exposição de Artur Correia, no próximo dia 21 de Abril?