IN MEMORIAM (DA MOUNETTE) – 9

Poesia Felina – 1, publicada em 11/11/2012 no blogue Gatos, Gatinhos e Gatarrões, com ilustração de Catherine Labey.

Advertisements

A QUINZENA CÓMICA – 46

A POLIGLOTA

Ora aqui está uma capa do saudoso Cara Alegre, ilustrada por José Viana, que mostra bem como as mulheres, nos anos 1950, sabiam livrar-se de um admirador… e, neste caso, sem “papas na língua”, isto é, em cinco línguas diferentes!

Hoje, o assédio sexual é um dos temas mais debatidos pela sociedade e poucos são os homens que se atreveriam a seguir o exemplo deste professor de línguas… porque as ligas feministas que por aí campeiam logo lhe cairiam em cima!

TOURADAS (VISTAS POR ANDRÉ CARRILHO)

«Se tourada é cultura, canibalismo é gastronomia», diz quem sabe pensar e raciocinar — isto é, o Maestro António Victorino d’Almeida. Só as cabeças com chifres — isto é, as dos touros — é que não pensam… 

(Cartoon de André Carrilho, reproduzido, com a devida vénia, do Diário de Notícias, edição semanal de 8/7/2018).

UMA NOVA EXPOSIÇÃO DE NINA GOVEDARICA

Nina Govedarica, artista de origem croata e esposa do saudoso Fernando Relvas, falecido em Novembro de 2017, inaugura no próximo sábado, dia 7 de Julho, às 17h00, uma nova exposição de pintura, com o título “Quietude”, na Livraria e Galeria de Artes Leituria, sita na Rua Dona Estefânia, 123-A, Lisboa.

À Nina, as nossas felicitações pela obra pictórica que tem realizado, com temas que despertam sempre a atenção, expondo-a ao público com frequência.

ALMOÇO ANUAL DO CPBD – 42º ANIVERSÁRIO

No dia 28 do corrente mês, o Clube Português de Banda Desenhada (CPBD) completa 42 anos de existência. Como de costume, essa data será comemorada com um almoço de convívio no dia 30 (sábado), às 13H00. Desta vez, não será no restaurante “Chafariz das Gravatas”, que não tem espaço disponível, e sim no restaurante “Novo Manjar”, sito na mesma rua, mas um pouco mais próximo da Venda Nova (junta-se a morada, em anexo). Haverá as costumadas entradas de melão, presunto, camarão e queijos, vinho e cerveja, além da sobremesa e do café. O menu será de Bacalhau à Minhota ou Lombo Assado com Farinheira e Bacon, à escolha dos convivas. O preço é de € 25.00 por pessoa.

O CPBD solicita que até ao próximo dia 28 (quinta-feira) os sócios interessados informem para este e-mail: davisgoncalves@sapo.pt da sua presença; e também, se possível, qual o prato escolhido, para que o restaurante tenha uma ideia do número de pessoas presentes. O encontro poderá ter lugar, às 12H30, na Sede do CPBD, para quem não conheça o local do restaurante (que possui, em frente, um parque privativo).

Nota: sobre a celebração do aniversário do CPBD, ver também a memória publicada no blogue ogatoalfarrabistajunior.wordpress.com.

A QUINZENA CÓMICA – 45

Mais um cartoon de José Vilhena cheio de malícia, em que a televisão — esse revolucionário invento que chegou a Portugal nos anos 1950 — serve, mais uma vez, de mote ao humor brejeiro de um artista que cedo se impôs pelo seu corrosivo ataque às convenções. Infelizmente, José Vilhena começou a colaborar no Cara Alegre demasiado tarde, já perto do fim da sua 1ª série.

NOVELA GRÁFICA IV – O REGRESSO DE UMA COLECÇÃO QUE JÁ SE TORNOU HISTÓRICA

Com “Os Guardiões do Louvre”, uma das últimas obras de Jiro Taniguchi, autor já conhecido dos habituais leitores destas Novelas Gráficas, arrancou no passado dia 6 de Junho a quarta série de uma colecção incontornável, que tem revelado (e continuará a revelar) obras de alguns dos maiores criadores da 9ª Arte nos tempos modernos (e oxalá com maior abertura, de futuro, aos autores portugueses). 

Saudamo-la, por isso, com prazer e com renovadas expectativas, felicitando o jornal Público e a editora Levoir pelo êxito crescente e pela regularidade das suas parcerias. Na próxima quarta-feira, dia 13, sai o 2º volume, com uma emblemática história de Jacques Tardi: Ici Même, cujo argumento se deve ao saudoso Jean-Claude Forest.

(Nota: os textos de João Miguel Lameiras alusivos a esta colecção podem ser seguidos em dois dos nossos blogues, O Gato Alfarrabista Júnior e A Montra dos Livros).

CITAÇÃO DO MÊS – 48

MARY ANNE EVANS (Escritora*)

*Retrato de George Eliot, pseudónimo de Mary Anne Evans (Arbury, 1819 – Londres, 1880), famosa escritora inglesa. Pintura a óleo de François d’Albert-Durade (1804-1886)

«É  necessário muita paciência, muita coragem, para se produzir qualquer coisa… E na arte de escrever, o descuido é um pecado mortal»