CARLOS ROQUE: DEZ ANOS DE MÁGOA E DE SAUDADE

Carlos Roque retrato copy

Artigo de Carlos Pessoa publicado no jornal Público, de 1/8/2006. Carlos Santos Roque nasceu em Lisboa, em 12/4/1936, e faleceu na Bélgica, em 27/7/2006.

Páginas de Carlos Roque publicadas originalmente no Tintin e no Spirou (cortesia do BDBD, blogue orientado por Carlos Rico e Luiz Beira).

Advertisements

AS QUATRO ESTAÇÕES – 10

O PRIMEIRO VERÃO

Esta capa do Papagaio nº 699, que chegou às mãos dos seus leitores em 2/9/1948, marca o início da breve colaboração de José Garcês (então ainda nos primórdios da sua carreira) com a revista que apresentou em Portugal um dos maiores heróis da BD europeia.

As saudades de Tintin (que “desertara”, poucos meses antes, com armas e bagagens, para o Diabrete) ainda se faziam sentir, mas a redacção d’O Papagaio procurava minorar essa ausência recorrendo a novos e brilhantes colaboradores, como Garcês, José Ruy, Artur Correia e Vítor Silva, cujos trabalhos deram um aspecto renovado e mais airoso à revista, naquela que seria a sua última fase como publicação independente.

Garcês com cerca de 24 anosAliciado por projectos mais ambiciosos, em jornais como o Camarada e o Lusitas, que reclamavam também os seus préstimos e talentos, Garcês demorou-se pouco tempo no semanário infantil mais antigo e garrido dessa época (em comparação com O Mosquito e o Diabrete), mas soube inspirar-se nas suas linhas mestras… como ilustra esta capa dedicada à primeira infância, em que o jovem artista (que só seria pai dali a alguns anos) não precisou de modelo para retratar o gorducho petiz que brinca tranquilamente na areia, gozando, pela primeira vez, as delícias da praia e do verão.

Julho, animado e soalheiro, prelúdio das férias sempre tão desejadas, é também um mês especial para o decano dos autores portugueses de BD, pois foi no dia 23/7/1928, em plena canícula do estio, que veio a este mundo.

Juntando-se aos seus familiares e amigos, e à grande legião dos seus admiradores espalhados por todo o país, O Gato Alfarrabista aproveita esta oportunidade para felicitar calorosamente José Garcês por mais um aniversário, desejando-lhe as maiores felicidades e novos êxitos numa carreira que ainda está longe do fim.      

CAMPEÕES DA EUROPA A DOBRAR!

Hóquei em patins - Euro 2016 - 2

A equipa portuguesa de hóquei em patins, que disputou recentemente o torneio realizado em Oliveira de Azeméis, sagrou-se campeã da Europa da modalidade, título que já não conquistava há 18 anos. Assim, no mesmo mês, Portugal obteve dois retumbantes triunfos em competições disputadas com as melhores selecções europeias, e em modalidades relevantes do desporto mundial. Parabéns, campeões, magos do futebol e do hóquei sobre rodas, pelas vossas vitórias e por prestigiarem o nome de Portugal!

Hóquei em patins - Europeu 2016

A QUINZENA CÓMICA – 21

ELAS AO VOLANTE (2)

Cara Alegre 140 e 156.jpg

Por causa (das alegrias) do futebol, não houve espaço para a nossa primeira quinzena cómica deste mês. Mas, como a festa deve continuar, aqui têm mais duas capas do Cara Alegre, dedicadas não ao futebol mas a outro tema que também tem muitos adeptos (o automobilismo), pelo traço de um humorista que dispensa apresentações, pois é um velho conhecido de quem acompanha fielmente esta rubrica: José Viana.

Voltaremos, em breve, a apresentar mais criações dos prolíficos colaboradores do Cara Alegre, versando o mesmo anedotário automobilístico pelo prisma feminino… geral- mente pouco lisonjeiro para as condutoras desse tempo. Mas elas não levavam a mal!

NOVO COLÓQUIO DO CLUBE PORTUGUÊS DE BANDA DESENHADA COM UM ILUSTRE CONVIDADO

IMG_2754

Como oportunamente anunciámos, realizou-se no passado sábado, dia 9 de Julho, o primeiro de uma série de colóquios subordinados ao tema Personalidades Ilustres da Vida Social, Política e Cultural Portuguesa Falam de Banda Desenhada, que o CPBD promoveu no âmbito do seu programa de eventos para o ano em que pôde finalmente dispor de uma nova sede (devido à parceria com a Câmara Municipal da Amadora) e de melhores recursos financeiros, graças sobretudo ao aumento do número de sócios.

O referido colóquio contou com a presença de um ilustre orador, o Dr. Guilherme d’Oliveira Martins, figura destacada da nossa elite social e cultural, que desempenhou também altos cargos na administração pública, como os de Ministro da Presidência, da Educação, das Finanças e Presidente do Tribunal de Contas.

A título particular, o Dr. Guilherme d’Oliveira Martins tem sido também um assumido (e esclarecido) apreciador de Banda Desenhada, manifestando publicamente essa lúdica faceta em intervenções de vária ordem, o que justifica plenamente o convite que lhe foi dirigido pela direcção do CPBD.

Aqui ficam algumas imagens da sua notável palestra, numa sessão aberta a sócios e não sócios do Clube, mas que não foi muito concorrida, decerto devido à coincidência com o tempo de férias de alguns bedéfilos. Sugerimos a hipótese da sua repetição, noutra oportu- nidade, perante público mais numeroso, como o relevo do tema e da personalidade do douto convidado exige e merece.

Estas imagens foram-nos enviadas, como habitualmente, pelo nosso amigo Dâmaso Afonso, prestimoso repórter fotográfico a quem a Loja de Papel e este blogue, em particular, devem inúmeros serviços. Muito obrigado!   

IMG_2759

Colóquio 9 Julho - 1

Colóquio 9 Julho - 2

Colóquio 9 Julho - 4

IMG_2766

 

IMG_2762

Colóquio 9 Julho - 8

Colóquio 9 Julho - 7

A VITÓRIA DE UMA “PEQUENA ALDEIA”!

I - Euro 2016

Primeira página do i, edição de 11/7/2016, que reproduzimos com a devida vénia, felicitando o jornal pela sua criatividade. Herói da BD bastante popular no nosso país — onde se tornou conhecido desde 1961, rivalizando com Tintin —, é, no entanto, a primeira vez que vemos Astérix empunhar a bandeira portuguesa, em homenagem aos heróis desportivos que no Stade de France, e sem ajuda de nenhuma poção mágica, resistiram também ao assédio de adversários mais poderosos. Gália e Lusitânia juntas contra os “romanos”… eis uma mensagem (sub-reptícia) que devia ultrapassar as fronteiras do futebol. Obrigado, Astérix! Parabéns, Selecção!

FOMOS VENCEDORES… MESMO SEM RONALDO!

A ARMA SECRETA DE PORTUGAL

É fácil perceber por que é que Fernando Santos agradeceu também aos gregos, no seu discurso de vitória. Foi com a mesma táctica que eles, os gregos, superaram as nossas jogadas, derrotando-nos imprevistamente na final do Euro 2004. Fernando Santos estudou bem a lição… e também ganhou. A sua “arma secreta” veio da Grécia!  

Que os adeptos franceses, tão maus perdedores, saibam aprender também a lição.

DN - Euro 2016

(Artigo reproduzido, com a devida vénia, do Diário de Notícias de 11/7/2016)

O “PORTUGUÊS VOADOR” DO EURO 2016

DN Ronaldo 1 633

(Artigo supra reproduzido, com a devida vénia, do Diário de Notícias de 8/7/2016)

Gazzetta dello Sport: «Desta vez, Ronaldo deixou-o ficar mal na fotografia [James Chester, defesa galês que saltou com Ronaldo]. Acabou com ele, coitado. Foi uma grande noite para CR7, em Lyon: marcou um golo, saltando literalmente sobre o defesa galês, deu o segundo golo e venceu o duelo com Bale pela Bola de Ouro, colocando Portugal na final. É um campeão! Chester caiu no chão, ele permaneceu suspenso no ar, mais tempo, muito mais, como se fosse o Michael Jordan do futebol. Magia! Levitação!»