TRÊS NOVAS EXPOSIÇÕES NO CPBD

Foram inauguradas hoje, dia 24 de Fevereiro, três novas exposições do CPBD, sobre temas de interesse geral — a abordagem pela BD de figuras históricas como D. Afonso Henriques e o Infante D. Henrique e o 80º aniversário do mais emblemático herói do século XX —, que estarão patentes na sua sede (Reboleira-Amadora) durante as próximas semanas, mas somente aos sábados, entre as 15h00 e as 18h00. 

Depois do colóquio realizado em 17 de Fevereiro p.p. com o Professor António Martinó, que interessou profundamente a assistência e deixou em aberto a marcação de uma segunda palestra com o mesmo conferencista e o mesmo tema (Reflexões sobre a Linguagem da BD), o CPBD continua a trilhar o seu caminho, num novo ano que se afigura cheio de projectos e de fundadas expectativas de crescimento.

Pela nossa parte, desejamos aos seus directores, sócios e colaboradores que todos se concretizem, para bem da Banda Desenhada portuguesa que o CPBD, ao longo de mais de quatro décadas de existência, tanto ajudou a evoluir. 

BATMAN – DE GOTHAM CITY PARA O CNBDI

Realiza-se amanhã, dia 27 de Março, pelas 21h00, um novo encontro no Centro Nacional de Banda Desenhada e Imagem (CNBDI), no âmbito das palestras anuais Às quintas falamos de BD (ciclo Heróis de Papel, cujo tema será, desta vez, os 75 anos de Batman).

web-frente

Para falarem deste super-herói norte-americano estarão presentes João Miguel Lameiras — reputado especialista de banda desenhada, que dará a conhecer o nascimento de Batman e desvendará um pouco da sua história —, Luís Salvado — jornalista com vastos conhecimentos sobre a BD e a 7ª Arte, que evocará as várias vidas de Batman e a forma como todas elas reflectiram não só as adaptações da BD ao grande ecrã, mas também todo o cinema popular do respectivo período —, e ainda José de Freitas, ex-editor da Devir, que publicou Batman durante a última década.

web-verso

Recordamos a propósito que, no nosso país, o “homem-morcego” se estreou 20 anos depois do Super-Homem, com quem viria a partilhar A Revista dos Super-Heróis, editada nos anos 80 pela APR (Agência Portuguesa de Revistas), primeira publicação portuguesa de BD em que estes dois icónicos personagens tiveram vida autónoma.

Batman 6 e 8Batman 10 e 14

Em 1977, o Jornal do Cuto, na sua última fase, publicou durante vários números uma série de tiras diárias assinadas por Al Plastino, sob o título genérico Batman — Na Pista da Aventura, dedicando-lhes algumas capas da autoria de Carlos Alberto Santos, o primeiro ilustrador profissional português a retratar o “homem-morcego”.

Batman cuto 158 e 165