VEM AÍ A 3ª MOSTRA DO CLUBE TEX PORTUGAL!

cartaz-de-maurizio-dottiRepetindo o que já se tornou uma tradição ansiosamente aguardada, nos primeiros meses do ano, por todos os fãs texianos portugueses (e por muitos outros bedéfilos), vai realizar-se nos próximos dias 23 e 24 de Abril a 3ª Mostra do Clube Tex Portugal, que terá mais uma vez como cenário o belo Museu do Vinho Bairrada, em Anadia.

Este ano, a Mostra, como já anunciámos, conta também com a participação de dois artistas italianos de renome, os desenhadores Maurizio Dotti (na foto da esquerda) e Massimo Rotundo (na da direita), que terão duas dezenas de pranchas (algumas delas inéditas)  expostas no Museu do Vinho Bairrada, com os trabalhos que realizaram para a série Tex Willer, o mais famoso cowboy dos quadradinhos (ou fumetti) transalpinos, publicado há quase 70 anos pela Sergio Bonelli Editore.
maurizio-dotti-e-massimo-rotundo
Entre as presenças já confirmadas, contam-se ainda outras ilustres personalidades do mundo texiano: Dorival Vítor Lopes, director da Mythos, a editora brasileira que publica vários títulos dedicados a Tex Willer e os distribui também em Portugal; Júlio Schneider, tradutor e articulista insigne da mesma editora; e os veteranos tradutores Paulo Guanaes e Tizziana Giorgini, há muito ligados também à aventura editorial de Tex em terras brasileiras; além de Fernanda Martins, tradutora de Tex na Holanda.

Mas há mais novidades (no mínimo sensa- cionais, frisamos nós), porque uma editora portuguesa, a Polvo, dirigida por Rui Brito, vai lançar durante a Mostra um novo Tex Gigante, com a história Tempestade Sobre Galveston, uma longa aventura do destemido Ranger do Texas (228 páginas), com argumento de Pasquale Ruju, desenhos de Massimo Rotundo e tradução portuguesa de José Carlos Francisco, presidente do Clube Tex Portugal (que já o ano passado assinou a tradução de Patagónia, o primeiro álbum gigante de Tex lançado pela Polvo).

Além disso, esta nova edição portuguesa tem uma capa original e exclusiva de Massimo Rotundo, que brindará também todos os texianos presentes no convívio de Anadia com os seus autógrafos. A apresentação da obra, enriquecida com textos e ilustrações inéditas, terá lugar no acolhedor auditório do Museu do Vinho Bairrada (sábado, 23 de Abril, às 16h00), com participação de Massimo Rotundo, Rui Brito, Mário João Marques e João Miguel Lameiras.tex-tempestade-em-galveston

Os sócios do Clube Tex Portugal (com quotas pagas) poderão usufruir de mais uma regalia, adquirindo in loco esta magnífica edição por preço mais reduzido, à semelhança do ano passado, ou seja, 15 euros (1,99 euros de desconto sobre o preço em livraria). E com direito a autógrafo de Massimo Rotundo. Uma oportunidade a não perder!

Tex a cavalo (3ª-Mostra de Anadia)Mas haverá também no Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, uma exposição de verda- deiros itens de coleccionador, tais como livros temáticos, revistas de diversos países onde Tex é (ou já foi) publicado, estatuetas, selos, pins, puzzles, filmes, desenhos animados, postais, porta-chaves e muitas outras curiosidades — como, por exemplo, um maço de cigarros “pirata” de Tex ou o seu próprio diário —, para dar ainda mais brilho, animação e interesse a esta 3ª Mostra do Clube Tex Portugal, cujo êxito se pode antecipadamente medir pela ampla divulgação que tem tido em sites, blogues e jornais portugueses e até em sites interna- cionais, como já informou o Tex Willer Blog .

Quem puder ir ao convívio de Anadia, nos próximos dias 23 e 24 de Abril, ficará certamente com uma inolvidável recordação de mais um grandioso evento organizado pelo Clube Tex Portugal, cujas iniciativas não param, estando já previsto para breve o lançamento de mais um número da sua excelente revista.
cartaz-de-massimo-rotundo

Nota: Caro leitor, para ser sócio do Clube Tex Portugal, com direito a receber gratuitamente a sua revista semestral (de que já saíram três números), basta inscrever-se mediante o pagamento de uma jóia de 5,00 €. A quota mensal é de 2,00 € (2,50 € se não for residente no nosso país). Contactar José Carlos Francisco em http://texwillerblog.com/wordpress

O GRANDE CONVÍVIO TEXIANO DO CACÉM

Clube Tex Portugal (emblema)Conforme já veio largamente a público no concorrido (e sempre actualizado) Tex Willer Blog, da responsabilidade do maior fã texiano português, José (Zeca) Carlos Francisco, vai realizar-se no próximo sábado, dia 5 de Dezembro, um novo jantar de confraternização promovido pelo Clube Tex Portugal, que voltará a reunir dezenas de associados e seus familiares, naquela que já é designada por Cacém-City — ou seja, a mais típica representante (pelo menos uma vez por ano) do Faroeste  à boa maneira dos entusiásticos leitores e admiradores do maior herói dos “quadradinhos” italianos e das populares aventuras de cowboys: o carismático Tex Willer!

Este ano, segundo informa o mesmo prestigioso blogue, haverá um verdadeiro jantar texiano, porque consta da ementa o suculento bife com uma montanha de batatas fritas, tão festejado em muitas histórias onde Tex e os seus três inseparáveis parceiros, Kit Carson, Kit Willer e Jack Tigre, dão largas ao seu proverbial apetite.

Capa-da-revista-nº-3-do-Clube-Tex-Portugal

Durante o convívio, que terá lugar, como habitualmente, no restaurante Regiões, um espaço amplo e agradável com música ao vivo, situado no Alto da Bela Vista, Pav. 2 – Estrada Paços de Arcos (Cacém), será lançado o nº 3 da revista do Clube Tex Portugal, ansiosamente aguardada por todos os sócios, depois do enorme êxito obtido pelos números anteriores, que foram, inclusive, recebidos com rasgados elogios por muitos leitores italianos e brasileiros, bem como por alguns destacados elementos da Sergio Bonelli Editore.

Um dos pontos altos deste memorável convívio será também a presença do desenhador italiano Luca Vannini, a mais recente estrela do staff texiano, criador das duas versões da capa da citada revista uma “oficial”, em estilo clássico, com Tex e o seu fiel cavalo Dinamite, e outra alternativa, também de belo efeito estético, como podem apreciar, em ante-estreia, neste post, por amável deferência do Tex Willer Blog, ambas coloridas pelo próprio artista, pintor e ilustrador de grande mérito.

Capa-variante-da-revista-nº-3-do-Clube-Tex-Portugal

Outro ilustre convidado é o editor brasileiro Dorival Vítor Lopes, responsável pelas magníficas publicações de Tex e de outros célebres heróis da Bonelli, com o símbolo da Mythos, que chegam regularmente, desde há muitos anos, às bancas portuguesas, mantendo bem acesa a “chama sagrada” dos fervorosos elos afectivos que unem os texianos dos dois países irmãos, graças à mítica influência do seu herói favorito.

O Clube Tex Portugal, através do Tex Willer Blog, anunciou já outra sensacional iniciativa, a celebrar no próximo ano, durante o mês de Abril: a realização da 3ª Mostra Texiana da Bairrada, que contará (mais uma vez) com a presença de DOIS renomados autores italianos. No âmbito desse grandioso evento e das exposições dedicadas ao famoso Ranger, está também previsto o lançamento de um novo álbum com o selo da Polvo Editora, protagonizado por Tex Willer numa das suas melhores aventuras.

Tex-Willer-na-arte-de-Luca-Vannini-desenhador-de-Tex-presente-no-convívio-do-Clube-Tex-Portugal

“PATAGÓNIA” – UMA GRANDE AVENTURA ÉPICA!

Patagónia - capa   173

Seja qual for o prisma por que a encaremos, “Patagónia” — uma novela gráfica que chegará em breve às bancas portuguesas, com o selo da Polvo Editora — merece o título de obra-prima do fumetto italiano e, por aditamento, da longa historiografia de Tex Willer, o famoso ranger do Texas, criado em 1948, no apogeu da BD infanto-juvenil, por dois autores de grande craveira: Gianluigi Bonelli e Aurelio Galleppini.

Pranchas de PatagóniaObra de outra dupla excepcional, Mauro Boselli e Pasquale Frisenda, esta história desenrolada num cenário invulgar, que nada tem de comum com o Oeste americano — apesar de alguns pontos de convergência nas encruzi- lhadas do destino que instigou os povos indígenas a uma épica luta pela sobrevivência, quer nas pampas argentinas, quer nas pradarias da América do Norte —, é um marco incontornável, no seu género, uma aventura cujo fôlego gráfico e narrativo atinge proporções raramente vistas na saga texiana e noutras obras que se apresentam com o modesto rótulo de histórias de cowboys ou westerns convencionais… por vezes tão inglório quanto redutor! Desde 1948 até ao século XXI, o western fez um longo caminho, conquistando novas audiências entre um público mais maduro e exigente, que continua a elegê-lo como um dos seus géneros favoritos.

Patagónia (badanas)Aproveitando a realização, em Anadia, durante o penúltimo fim-de-semana, da 2ª Mostra do Clube Tex Portugal, onde esteve patente uma exposição dedicada a “Patagónia”, a editora Polvo procedeu ao lançamento oficial do magnífico álbum com esta extraordinária epopeia — iniciativa oportuna e que constitui também um feito digno de nota, porque nunca o mítico herói bonelliano se apresentou ao público português vestido com tão requintadas galas: isto é, num grosso volume com mais de 200 páginas, impressas em papel de boa gramagem, com uma nitidez perfeita do preto-e-branco, capa em cartolina com badanas, prefácio e tradução excelentes de José Carlos Francisco, dinâmico presidente do Clube Tex Portugal, e um dos maiores coleccionadores e divulgadores de Tex a nível mundial.

Pasquale Frisenda em Anadia (2015)A tudo isto, que não é pouco, acresce ainda um conjunto de ilustrações inéditas, reali- zadas por Pasquale Frisenda, com estudos para as capas e para alguns dos persona- gens desta memorável aventura, em que Tex Willer (Águia da Noite) está acompanhado pelo seu filho Kit (Falcão Pequeno).

O consagrado desenhador de “Patagónia” marcou também presença na 2ª Mostra de Anadia, presidindo à cerimónia de lançamento do seu álbum, ao lado do editor Rui Brito, e brindando o público com uma sessão de autógrafos e desenhos ao vivo.

Patagónia - rosto  174A mim — que não pude comparecer ao evento por motivos de força maior, mas também tive direito a um autógrafo do mestre italiano, graças aos bons ofícios de João Amaral, a quem expresso uma vez mais, e publicamente, a minha gratidão —, coube- -me um exemplar com a magnífica ilustração colorida que aqui ao lado vos apresento.

Grazie mille, Pasquale Frisenda!

 (Nota: algumas das imagens que ilustram este post foram extraídas, com a devida vénia, do Tex Willer Blog, onde poderão ver muitas reportagens sobre eventos texianos, incluindo a 2ª Mostra do Clube Tex Portugal, que trouxe a Anadia outro notável desenhador italiano: Stefano Biglia).

TEX REGRESSA TRIUNFALMENTE A ANADIA

Cartaz-institucional-da-2ª.-Mostra-do-Clube-Tex-Portugal

A contagem do relógio já começou para a 2ª Mostra do Clube Tex Portugal, cuja inauguração será amanhã, pelas 14h30, no histórico Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, esperando-se a afluência de centenas de visitantes, tal como aconteceu o ano passado, aquando da estreia deste evento, que já trouxe a Portugal o desenhista italiano Pasquale Del Vecchio, e este ano irá repetir a proeza ao quadrado, com a vinda de mais dois grandes nomes da BD transalpina e da equipa que realiza actualmente, para a Sergio Bonelli Editore, as aventuras de Tex: Stefano Biglia e Pasquale Frisenda.

Este último assistirá ao lançamento da sua primeira obra publicada em Portugal: o mítico álbum Patagónia, numa cuidada edição da Polvo, enriquecida com textos e desenhos inéditos, relevante acontecimento que nos apraz também registar.

Tex Patagónia

Programa da 2ª Mostra do Clube Tex Portugal

Sábado, 9 de Maio
14:30 horas Inauguração Oficial da 2ª Mostra do Clube Tex Portugal (Auditório)
15:00 horas Visita guiada por Pasquale Frisenda e Stefano Biglia às suas Exposições
16:00 / 17:00 horas Sessão de autógrafos com Pasquale Frisenda e Stefano Biglia
17:00 / 18:00 horas Conferência Tex em Portugal, no Brasil e na Itália, com a participação de Pasquale Frisenda, Stefano Biglia, Dorival Vitor Lopes e Carlos Moreira, sob moderação de Pedro Cleto (Auditório)
18:15 / 19:00 horas Desenho ao vivo com Pasquale Frisenda e Stefano Biglia
20:00 horas Jantar/Tertúlia com a participação de Pasquale Frisenda e Stefano Biglia (Restaurante “Nova Casa dos Leitões”)

Reservado Tertúlia Texiana

Domingo, 10 de Maio
11:00 / 12:00 horas Aula desenho Tex com Pasquale Frisenda e Stefano Biglia. A partir dos 12 anos. Inscrições livres.
12:00 / 12:30 horas Sessão de autógrafos com Pasquale Frisenda e Stefano Biglia
14:30 / 15:00 horas Workshop com Pasquale Frisenda e Stefano Biglia, moderado por João Miguel Lameiras (Auditório)
15:15 / 16:00 horas Desenho ao vivo com Pasquale Frisenda e Stefano Biglia
16:00 / 16:30 horas Sessão de autógrafos com Pasquale Frisenda e Stefano Biglia
16:45 / 18:00 horas Sessão Cinema e BD: Como Tex ninguém jamais (no original: Come Tex nessuno mai), documentário (legendado em português) de Giancarlo Soldi. Com Sergio Bonelli (Auditório)
18:00 / 18:30 horas Sessão de autógrafos com Stefano Biglia
18:30 horas Festa de Encerramento

(Nota: as imagens que ilustram este post foram extraídas, com a devida vénia, do Tex Willer Blog)

pasquale-frisenda-estarc3a1-na-2c2aa-mostra-do-clube-tex-portugal-para-autografar-patagc3b3nia-aos-seus-fc3a3s1