DUAS NOVAS EXPOSIÇÕES NO CPBD

Com dois temas aliciantes, estas novas exposições do Clube Português de Banda Desenhada (CPBD) merecem o interesse de todos os sócios que possam deslocar-se à sua sede e do público em geral. Depois da respectiva inauguração, no próximo dia 3 de Junho (sábado), com começo às 15h30 (mostra de Fernando Relvas), terá início, pelas 16h30, a Assembleia Geral do Clube, com a seguinte ordem de trabalhos:

1 – Aprovação das contas de 2016

2 – Aprovação do Relatório e Parecer do Conselho Fiscal do CPBD

3 – Aprovação do Plano de Atividades do CPBD até 31 de Dezembro de 2017

“CHARLIE HEBDO” EM EXPOSIÇÃO NA BEDETECA DA AMADORA

charlie-hebdo_poster

É inaugurada hoje, dia 7 de Janeiro, pelas 20h00, na Bedeteca da Amadora, a exposição documental “Estúpidos, maldosos e semanais. Uma constelação em torno do Charlie Hebdo”, integrada no programa “Os 5 sentidos da Banda Desenhada”, com curadoria de Pedro Moura e colaboração de Osvaldo Macedo de Sousa. A entrada é livre.

Inaugurada um ano após os atentados que vitimaram, entre outros, alguns membros da redacção do polémico jornal satírico francês Charlie Hebdo, a referida exposição visa mostrar o contexto em que surgiu este título (assim como o grupo editorial que o formou, associado à revista Hara-Kiri). 

Revisitando referências da imprensa ilustrada satírica, outros títulos de banda desenhada, imagens da publicação e livros que reflectem a sua história, há ainda um complemento organizado por Osvaldo Macedo de Sousa: “Cartoonismo: uma profissão de risco?”, em que desfilam vários artistas que, no mundo dito do Médio Oriente e da Ásia, têm sofrido as consequências mais graves devido ao seu trabalho artístico, demonstrando que a luta pela liberdade de expressão é verdadeiramente universal, e que a solidariedade deve ultrapassar fronteiras, línguas e culturas. 

A inauguração é seguida de uma mesa-redonda informal, com a presença de Nuno Saraiva, Rui Pimentel e Osvaldo Macedo de Sousa

A exposição — que estará patente até 30 de Janeiro — conta com o apoio da Bedeteca da Biblioteca Municipal dos Olivais e do Museu Bordalo Pinheiro, em Lisboa, onde se realizará, no próximo dia 23 de Janeiro, um debate associado a este evento, com hora a indicar posteriormente.

Bedeteca da Amadora – 3ª a sábado, das 10h às 18h – Av. Conde Castro Guimarães, 6 – 2720-119, Amadora.