CITAÇÃO DO MÊS – 42

LEONARD NIMOY (Astro de Cinema e TV)

“Life is like a garden. Perfect moments can be had, but not preserved, except in memory”.

“A vida é como um jardim. Podemos gozar momentos perfeitos, mas não os preservamos, excepto na memória”.

IN MEMORIAM

Leonard Nimoy

Sempre o veremos, ao relembrar a sua carreira, na figura do frio e distante Mr. Spock, o extraterrestre de orelhas pontiagudas que dava lições aos humanos na série Star Trek, ensinando-lhes, com a sua proverbial (e estudada) fleuma, o valor das emoções.

Star Trek (Mr. Spock)Leonard Nimoy morreu há uma semana, com 83 anos, vítima de uma doença grave que o seu alter-ego vulca- niano teria certamente debelado com os transcendentes poderes mentais e espirituais que possuía. Morreu o actor, mas a personagem que interpretou na TV e no Cinema, com um brilho que irradiou também para outros medias — especialmente para os comics, cujas edições ajudaram a fomentar o culto trekkiano entre milhares de fãs, dando aos seus heróis outro rosto e outra mística —, o inefável Mr. Spock, esse perdurará ainda por muito tempo num recanto da memória visual, pragmática e selectiva, que guarda das épocas, das culturas, das ciências e das artes, o melhor (e mais emblemático) de todas elas.

Reproduzimos seguidamente, com a devida vénia, um artigo publicado no Público de 28 de Fevereiro p.p., em que “a longa e próspera vida de Mr. Spock” é fielmente evocada.      JM

Público mr spock