ANADIA EM FESTA PELA 4ª VEZ COM O REGRESSO DE TEX (ACOMPANHADO POR KIT CARSON)

O Clube Tex Portugal, único Clube no nosso país dedicado exclusivamente a um herói de Banda Desenhada e o primeiro Clube oficial de Tex no mundo, trará este ano, novamente, dois conceituados desenhadores italianos a Portugal.

O evento a realizar nos próximos dias 29 e 30 de Abril, em plena capital da Bairrada (Anadia), para além da presença dos consagrados desenhadores italianos Leomacs (pseudónimo de Massimiliano Leonardo) e Andrea Venturi, contará também com duas mostras pessoais destes autores, constituídas por várias pranchas das suas histórias de Tex.

Pelo quarto ano consecutivo a Mostra vai realizar-se em Anadia, devido ao interesse e apoio da autarquia bairradina, que disponibilizou novamente o Museu do Vinho Bairrada para a realização de mais esta Exposição Texiana. Cada um dos autores italianos, como forma de agradecimento pelo convite, fez uma magnífica ilustração exclusiva para o evento de Anadia, numa tradição já famosa e que ocorre sempre que um autor de Tex nos visita, de modo a registar a sua passagem por Portugal!

Leomacs optou por desenhar Tex num duelo na Main Street (rua principal) de Anadia, mas em pleno século XIX, dando assim um cunho ainda mais tradicional a esta quarta presença do carismático Ranger na capital da Bairrada.

Por sua vez, Andrea Venturi (que já conhece um pouco do nosso país) desenhou Tex Willer e Kit Carson junto ao Monumento dos Mortos da Grande Guerra, na Praça Visconde Seabra, em Anadia, e com o edifício da Câmara Municipal ao fundo.

Outros distintos convidados marcarão também presença em Anadia, como o editor Dorival Vítor Lopes e o cronista e tradutor Júlio Schneider, vindos expressamente do Brasil.

A inauguração da Mostra ocorrerá no sábado, dia 29, pelas 15 horas, no Auditório do Museu do Vinho Bairrada e na presença das mais altas personalidades políticas do Município, em especial a Presidente da Câmara Municipal de Anadia e o seu Vice- -Presidente, aguardando-se, como nos anos anteriores, grande afluência de público.

Serão mais dois dias de intensa e aprazível Tertúlia Texiana, a não perder, e mais uma vez haverá o tradicional jantar/convívio a realizar no Restaurante Nova Casa dos Leitões, com a presença dos dois autores italianos e dos outros convidados. O preço é o mesmo do ano passado: 25 euros, com comida e bebida à discrição.

Entretanto, podemos já informar que haverá ainda grandes novidades a serem divulgadas muito em breve no blogue do Tex (http://texwillerblog.com/wordpress/), cuja consulta diária evidentemente recomendamos a quem quiser estar a par de todas as notícias referentes à 4ª grandiosa Mostra do Clube Tex Portugal. 

MAIS UM NÚMERO DA REVISTA DO CLUBE TEX PORTUGAL DISTRIBUÍDO AOS SEUS SÓCIOS

Clube Tex Portugal - revista nº 2

Já foi distribuída aos sócios a revista do Clube Tex Portugal na sua 2ª edição, que revela um acentuado progresso, mantendo o mesmo aliciante aspecto gráfico e apresentando-se agora com mais páginas (de 32 passou a 48) e com um “suculento” sumário, em que se destaca a homenagem aos 30 anos de carreira do consagrado autor Fabio Civitelli, dedicados quase inteiramente ao maior personagem da BD italiana e do western europeu: Tex Willer, o famoso ranger do Texas.

Clube Tex Portugal (emblema)Tema de um excelente prólogo e de uma exaustiva bibliografia crítica, trabalho assinado por Mário João Marques, que abrange doze páginas deste número, Civitelli já esteve presente em cinco festivais realizados em diferentes cidades portugueses (entre 2007 e 2012), e a sua simplicidade, bom-humor e simpatia ficaram na memória dos inúmeros admiradores que acorreram a esses eventos. Mas, a par da simpatia, Civitelli também é apreciado pelo seu enorme talento, pela perfeição estética e a inovação técnica, bem patentes no estilo elegante, dinâmico e meticuloso até aos mínimos detalhes, com que recria as figuras de Tex e dos seus pards e os míticos cenários do Oeste americano.Civitelli com as duas capas

Convidado a colaborar na revista do Clube Tex Portugal, com documentação referente à sua longa e prestigiosa carreira, Civitelli chegou mesmo a enviar duas ilustrações inéditas para a capa, ambas tão sugestivas que a direcção da revista não hesitou em aproveitá-las para a edição normal e para uma edição alternativa (esta com a capa impressa num fundo preto e branco), que está também à disposição dos sócios do Clube, podendo estes ficar gratuitamente com uma delas, pagando 10 euros pela outra.

Editorial revista nº 2Do variado sumário deste número, destacam-se ainda os artigos de um numeroso e valioso grupo de colaboradores (que tende, aliás, a aumentar): Júlio Schneider, Pedro Cleto, Sérgio Sousa, Carlos Gonçalves, Rui Cunha, António Lança-Guerreiro, Jorge Machado-Dias, Jorge Magalhães, José Carlos Francisco, além de dois “estreantes” italianos: Moreno Burattini e Italo Marucci. Mas talvez a parte mais “sumarenta”, a par das excelentes ilustrações de Fabio Civitelli, sejam os trabalhos inéditos de outros três notáveis artistas italianos: Corrado Mastantuono, Lúcio Filippucci e Andrea Venturi (autor, recorde-se, da capa do 1º número), que acederam também prontamente ao convite para participar nesta edição.

Tex por Corrado MastantuonoInfelizmente, no artigo dedicado a mestre Vítor Péon, o nosso autor de BD que criou mais westerns, com verdadeira paixão pelo género, algumas imagens — páginas completas, com a profusão de detalhes, a variedade de planos e a acção cinética que caracterizam o seu estilo — foram demasiado reduzidas. Geralmente, na maioria dos blogues podemos, com um toque do “rato”, ampliar as imagens, o que é impossível numa revista impressa. Só com uma lupa… Esperemos que erros como esse sejam corrigidos nos próximos números.

Pelos ecos já chegados à redacção, esta revista — cuja periodicidade deu também um grande salto, passando de anual a semestral — continua a fazer, com êxito, o seu percurso entre a comunidade de sócios do Clube Tex Portugal espalhada pelo mundo, mas também junto de muitos autores texianos e da própria SBE (Sergio Bonelli Editore), e tem sido um dos principais factores de divulgação, não só do nome e dos projectos do Clube, como do devotado afecto que os leitores portugueses nutrem, ainda hoje, pelo carismático herói do Oeste americano criado em 1948 por Gianluigi Bonelli e Aurelio Galleppini.

Francesco Micoli com a revista do Clube Tex Portugal

Parabéns ao Clube Tex Portugal pelo seu dinamismo e por esta magnífica revista, dirigida por Mário João Marques e coordenada por José Carlos Francisco.

(Nota: as imagens que ilustram este texto foram extraídas, com a devida vénia, do Tex Willer Blog, cuja consulta recomendamos a todos os que quiserem aderir ao Clube Tex Portugal, pagando apenas uma jóia de 5 euros e uma quota mensal de 2 euros).    

CLUBE TEX PORTUGAL JÁ TEM A SUA REVISTA!

Convívio do Cacém - 1

Já lá vão duas semanas, mas parece que foi ontem!… Conforme largamente divulgado no Tex Willer Blog, realizou-se em 29 de Novembro p.p. o 2º Convívio do Clube Tex Portugal e o cenário eleito para esse evento, que reuniu dezenas de sócios e seus familiares, foi, mais uma vez, o espaçoso e concorrido restaurante Regiões, sito naquela que já é denominada por muitos pards, membros e simpatizantes do Clube, como Cacém City.

O Gato Alfarrabista também se fez representar nesse caloroso (e ruidoso) Convívio, com a sala a abarrotar de gente — nas noites de sábado o restaurante está sempre à cunha — e música de fundo a ressoar-nos nos tímpanos durante horas e horas… o que proporcionou muitos momentos de alegria e de animado bailarico, sobretudo a um grupinho de moças do nosso clã, que se destacou pelo seu contagiante entusiasmo.

Convívio do Cacém - 2

Mas o momento mais alto — à parte o efusivo ritual, celebrado com as honras devidas, de partilhar e saborear o artístico bolo comemorativo deste Convívio, com uma imagem de Tex, como é da praxe —, foi, sem dúvida, a apresentação pelos directores do Clube, José Carlos Francisco, Mário João Marques e Carlos Moreira, do número de estreia da sua revista, que todos os sócios presentes fizeram questão de comentar e elogiar, considerando-a uma das mais belas surpresas com que foram brindados nesta quadra natalícia. E até os mais novinhos ficaram satisfeitíssimos por a receber!…

Convívio do Cacém -3Convívio do Cacém - 4Convívio do Cacém - 5

Pela nossa parte, queremos desde já sublinhar o seu excelente aspecto gráfico, com uma capa de belo efeito da autoria do grande artista texiano Andrea Venturi — capa essa que serviu de mote à requintada arte culinária do mestre(a) confeiteiro(a) que confeccionou o recheio e a cobertura do magnífico bolo de aniversário, rapidamente tragado por mais de 50 gulosos convivas! E é muito bem capaz de não ter chegado para todos!…

Convívio do Cacém - 7

Com colaboração variada, nas suas luzidas 32 páginas, onde a cor é uma nota dominante, este 1º número destaca-se ainda por apresentar outras ilustrações inéditas de grandes artistas da Velha Bota, como Maurizio Dotti e Stefano Biglia, e por ter sido quase inteiramente realizado por sócios do Clube, portugueses, italianos e brasileiros.

Se quisesse dar-me ao cuidado de recomendar o que mais me agradou no seu conteúdo — o que me parece tarefa ingrata e sem grande utilidade, pois cada um fará o seu próprio juízo —, começaria por referir os textos do seu director, Mário João Marques, a quem são devidos, com inteiro mérito, os maiores elogios pelo notável trabalho realizado, sob a sua alçada, por este grupo de colaboradores (entre os quais, sem imodéstia, me incluo).

Rev Club Tex dupla

Através do Tex Willer Blogue chega-nos a notícia — confirmando o grande êxito que este número obteve entre todos os sócios que já o receberam (pois nenhuma das suas expectativas saiu defraudada… e, nesta matéria, falo também por mim!) — de que a partir da próxima edição a revista terá periodicidade semestral, continuando a ser distribuídadesenho Lança Guerreiro225 gratuitamente a todos os sócios com as quotas em dia. Mário João Marques está ainda apostado em aumentar o número de páginas, devido à crescente afluência de colaboradores, assim como ao interesse já manifestado por outros autores italianos em participar com trabalhos inéditos, juntando-se a Venturi, Dotti e Biglia.

Esperemos que entre esses insignes colaboradores esteja também um talentoso artista português, autor do cartaz deste memorável Convívio e texiano dos quatro costados: António Lança Guerreiro, que teve a amabilidade de nos obsequiar com um exemplar autografado de um dos seus recentes trabalhos. Aqui o reproduzimos, com o maior prazer.

Pelos largos trilhos da Aventura, com Tex cavalgando sempre a seu lado, o destino do Clube e desta bela revista, unidos pelos mesmos objectivos — que merecem ser calorosamente saudados e apoiados —, parece, pois, a longo prazo, sereno e auspicioso.

Como diriam os nossos heróicos pards, acenando alegremente com os seus chapéus, do alto de uma colina iluminada pelo sol: Tanti auguri! Buona fortuna, Clube Tex Portugal!!

Convívio do Cacém - 8

Nota: as fotos que inserimos neste post foram reproduzidas, com a devida vénia, do Tex Willer Blog, onde pode ser apreciada uma completa reportagem do 2º Convívio do Cacém: http://texwillerblog.com/wordpress/?p=56687

 

2º CONVÍVIO DO CLUBE TEX PORTUGAL

Cartaz-do-2º-Encontro-Convívio-do-Clube-Tex-Portugal-da-autoria-de-António-Lança-Guerreiro

A Direcção do Clube Tex Portugal vai organizar no próximo sábado, dia 29 de Novembro, um jantar/convívio para que os sócios do Clube presentes recebam pessoalmente o primeiro número da sua revista oficial, que nasceu de um projecto devidamente autorizado pela Sergio Bonelli Editore, e se destina apenas aos seus membros com as quotas em dia e aos sócios honorários.

Cada sócio terá direito a um exemplar gratuito, podendo comprar também um segundo exemplar da revista, cuja capa (inédita e exclusiva) foi realizada pelo sócio honorário e padrinho do Clube, Andrea Venturi.

Revista-nº-1-do-Clube-Tex-Portugal3

O jantar, que terá início às 20.30 horas, ocorrerá no Cacém, mais precisamente no Restaurante Regiões, um espaço amplo e agradável com música ao vivo, situado no Alto da Bela Vista, Pav. 2 – Estrada Paços de Arcos • Cacém, o mesmo local aprazível do convívio realizado em Fevereiro deste ano. 

Para além da entrega de um exemplar gratuito a cada associado, o jantar, que conta já com a inscrição de várias dezenas de pessoas, servirá principalmente para fomentar e fortalecer o convívio texiano e também para debater as principais iniciativas do Clube Tex Portugal para 2015, com especial incidência num segundo evento a realizar na Primavera, novamente na Bairrada, e que contará com a presença de LUCIO FILIPPUCCI, renomado autor italiano de Tex, além de apresentar outra exposição dedicada ao Ranger.

Revista-nº-1-do-Clube-Tex-Portugal4

Aos sócios que não puderem comparecer ao jantar/convívio do Cacém, será enviado pelo correio, em data posterior, o respectivo exemplar do #1 da revista do Clube Tex Portugal, realizada inteiramente por sócios e que contém textos de Mário João Marques, Júlio Schneider, Carlos Moreira, José Carlos Francisco, Jorge Magalhães, Jorge Machado-Dias, Sérgio Madeira de Sousa, Paulo Guanaes e Pedro Cleto.

Saiba mais no blogue do Tex em:  http://texwillerblog.com/wordpress/?p=56266

Capa-da-Revista-nº-1-do-Clube-Tex-PortugalNota: o texto e as imagens supra foram reproduzidos, com a devida vénia, do blogue português do Tex, ao qual felicitamos pela divulgação que tem feito desta iniciativa.