EXPOSIÇÃO DE ORIGINAIS DE AUGUSTO TRIGO NA BEDETECA DA AMADORA

Bedeteca Amadora

Com a presença dos autores, Augusto Trigo e Jorge Magalhães, foi inaugurada no passado dia 23 uma exposição com cerca de 30 originais pertencentes ao acervo da Bedeteca da Amadora, que estará patente numa das suas salas até ao próximo dia 26 de Agosto.

À sessão, apresentada por Pedro Mota, presidente do Clube Português de Banda Desenhada — entidade que propôs esta mostra à Bedeteca, integrando-a na celebração do seu 40º aniversário —, assistiram várias figuras do nosso meio bedéfilo, como José Ruy, Fernando Relvas (e esposa), Catherine Labey, Irene Trigo (e sua mãe), Carlos Gonçalves, Geraldes Lino, Cândida Silva (coordenadora da Bedeteca), Pedro Moura, Carlos Moreno, Monique Roque, e um público pouco numeroso, mas atento e interessado, que seguiu com curiosidade, como demonstram as fotos inseridas mais abaixo, os comentários de Augusto Trigo, perante as pranchas expostas, e do seu argumentista, ambos notoriamente satisfeitos por recordarem um tempo em que “trabalhavam para revistas, sem pensarem sequer na hipótese de terem as suas histórias publicadas em álbuns”. Isto é, um tempo em que havia mais segurança e mais oportunidades para os autores de BD.

Expo Trigo - Foto 1

Finda a apresentação do seu trabalho, a veterana dupla foi entrevistada por uma repórter da TVA (Televisão da Amadora), antes de passar à sala seguinte, onde está patente outra excelente exposição intitulada “As Jóias da Bedeteca”, com originais de vários autores portugueses e estrangeiros que fazem parte do valioso espólio desta instituição.

Expo Trigo - 2

Graças aos bons préstimos de João Francisco, um bedéfilo oriundo do Seixal, que quis testemunhar de viva voz o seu apreço pela obra de Trigo & Magalhães — o que deixou o argumentista (e autor destas linhas) também muito lisonjeado —, apresentamos seguidamente mais algumas imagens deste evento, com os nossos agradecimentos ao jovem amante da 9ª Arte (e coleccionador de mérito, pelo que nos foi dado apreciar), cujos talentos fotográficos aqui ficam também registados.

Expo Trigo - 13

Expo Trigo - 14

Expo Trigo - 15

Expo Trigo - 3

Expo Trigo - 5 A

Expo Trigo - 6

Expo Trigo - 5

Expo Trigo - 7

Expo Trigo - 10

Expo Trigo - 11

Advertisements

2 thoughts on “EXPOSIÇÃO DE ORIGINAIS DE AUGUSTO TRIGO NA BEDETECA DA AMADORA

  1. Amigo Jorge Magalhães,
    Congratulo-me por a Bedeteca da Amadora e o Clube Português de Banda Desenhada terem juntado esforços no sentido de realizarem esta mostra. Tanto o Jorge como o Trigo mereciam há muito este reconhecimento. E que pena tenho eu de não ter lá estado, não só para apreciar o vosso trabalho como para rever alguns dos muitos amigos que fiz por culpa da banda desenhada.
    Em todo o caso – e corrija-me se estiver errado – parece-me pelas fotografias que o espaço é demasiado exíguo e recatado para uma exposição desta dimensão. Uma pena…
    Grande abraço
    Carlos Rico

  2. Caro Amigo Carlos Rico,
    Também lamentamos que não tenha podido aparecer, para lhe darmos um abraço, mas as grandes distâncias (como no seu caso) e os afazeres profissionais às vezes tal não permitem. Fica para outra ocasião, se puder dar um salto à Amadora antes do encerramento desta mostra, em finais de Agosto. Depois disso, tão cedo não haverá outra oportunidade, pois os originais do Trigo recolherão novamente aos “cofres” da Bedeteca…
    Quanto ao espaço, tem razão, é um pouco exíguo, mas mesmo assim deu para apresentar cerca de 30 originais, alguns de grandes dimensões. Infelizmente, a sala maior da Bedeteca está, neste momento, ocupada com outra exposição (que também merece uma visita) e não foi possível marcar a nossa para outra data, pois o Clube Português de Banda Desenhada quis assinalar com ela o seu aniversário… ideia que, é claro, muito nos honrou!
    Apesar de nem tudo ter sido perfeito, tanto eu como o Trigo ficámos satisfeitos com este evento e com as escolhas que o CPBD fez do material exposto.
    Pode crer que senti um regozijo enorme ao rever tantos belos originais em que já não punha a vista há muito tempo. E o Trigo deve ter sentido a mesma emoção, pois essas pranchas, como digo acima, pertencem agora à Bedeteca.
    Esperemos que durante as próximas semanas haja um bom afluxo de visitantes às modernas instalações da Bedeteca, e sobretudo às duas salas onde estão expostos vários originais de alguns dos melhores desenhadores portugueses e estrangeiros.
    Um grande abraço,
    Jorge Magalhães

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s