VASCO GRANJA – VIVÊNCIA E MEMÓRIA

EXPOSIÇÃO NO CENTRO CULTURAL DE CASCAIS

Vasco Granja foto455

Vasco Granja panfleto 1456A incontornável relação de Vasco Granja com os desenhos animados — à qual ficou a dever grande parte do seu renome como figura pública e a sua aura junto dos mais (e dos menos) jovens —, foi pretexto para uma pequena mas notável exposição inaugurada na passada sexta-feira, dia 6 de Março, no Centro Cultural de Cascais, com a presença de distintas personalidades como Carlos Carreiras, Presidente do município, José de Matos-Cruz, comissário da exposição, e Cecília Granja, filha de Vasco Granja e principal herdeira e curadora do seu precioso espólio.

O numeroso público presente ficou encantado não só com o acervo bibliográfico e fotográfico exposto, constituído na sua maioria por obras sobre cinema de animação, em várias línguas, mas também com os filmes projectados durante a sessão, nomeadamente diversas curtas-metragens de Tex Avery, que com zelo e paciência Cecília e os seus familiares recuperaram digitalmente das gravações em VHS conservadas por Vasco Granja, com “religioso” fervor, no seu santuário doméstico, cheio de relíquias de duas (ou mais) carreiras paralelas, marcadas por inúmeros contactos internacionais.

Vasco Granja panfleto 2  457A exposição Vasco Granja e o Cinema de Animação, patrocinada pela Fundação D. Luís I, estará patente no Centro Cultural de Cascais até ao próximo dia 19 de Abril e merece uma visita de todos os que se deslocarem à bela vila da linha do Estoril, onde as actividades recreativas e culturais têm estado em foco nos últimos anos, graças ao dinamismo dos seus responsáveis autárquicos, em colaboração com diversas entidades.

Transcrevemos seguidamente, com o maior prazer, um folheto editado no âmbito desta mostra, em cujos textos José de Matos-Cruz, Cecília Granja e outros familiares do homenageado contextualizaram o fecundo percurso biográfico e profissional de Vasco Granja, um dos maiores dinamizadores culturais da sociedade portuguesa, nos anos 50 a 90, cuja presença em inúmeros programas da RTP ainda hoje é calorosamente recordada por muitos dos seus admiradores.

Amador esclarecido — que conviveu com literatos, artistas, críticos, cineastas, editores, desenhadores —, autodidacta de grande craveira intelectual, foi também Vasco Granja que introduziu no nosso léxico a expressão “banda desenhada”, hoje genericamente consagrada, em detrimento da tradicional “histórias aos quadradinhos”.

Vasco Granja panfleto 3 e 4Vasco Granja panfleto 5 e 6

Advertisements

2 thoughts on “VASCO GRANJA – VIVÊNCIA E MEMÓRIA

  1. Tenho mesmo, mesmo, de lá ir!
    Vasco Granja foi o principal semeador de sonhos da minha infância, o sábado, para mim, existia porque havia, na primeira metade dos anos ’70, o “Cinema de Animação”.
    Tenho uma admiração brutal por este grande senhor, que tive a sorte de cumprimentar, já andava eu na Faculdade de Letras de Lisboa, (1993 ou 94, seria?), quando ele foi falar para uma assistência de dezenas de crianças (e um maduro basbaque – eu!), a ouvir as suas preciosidades, com aquele tom de voz que encantava, como se tivesse 7 anos outra vez. Isto passou-se no relvado da Alameda Universitária, à frente da Aula Magna. Estava tão fascinado que nem uma fotografia tirei… e tinha levado a máquina de propósito (que grande parvalhão!).
    Obrigado por não deixarem cair no esquecimento este grande homem.

    João Francisco

  2. Claro que tem de lá ir, caro João! A exposição é pequena, mas bem interessante, mostrando não só livros e objectos relacionados com o cinema de animação, como vários documentos pessoais de Vasco Granja e fotos de várias épocas da sua vida. Além de se poderem (re)ver filmes de desenhos animados e entrevistas que ele fez ou que concedeu a nomes como Júlio Isidro e outros… É uma pequena mostra organizada e montada com o coração, com amor, por iniciativa de sua filha e de José de Matos-Cruz. E será desejável que venha também a figurar num espaço da capital (ou no próprio Amadora BD), onde terá certamente a adesão de mais público.
    Um abraço,
    JM

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s