JOSÉ BAPTISTA (JOBAT)

RETROSPECTIVA – 5

Se ainda estivesse neste mundo, o nosso saudoso amigo e grande artista José Baptista teria feito 78 anos no passado dia 18. Ainda nos parece que foi ontem que falámos com ele pela última vez, sempre lúcido e calmo, mas já muito minado pela doença que em tão pouco tempo o vitimou, roubando-o inesperadamente ao afecto de familiares e amigos, num paradigma daquelas terríveis injustiças com que o destino (e a vida), por vezes, fulminam as efémeras e vãs esperanças humanas. No espírito de Jobat, a esperança de vencer a doença mantinha-se firme, acalentada pelo desejo de retomar a rotina familiar e o contacto com o seu mundo intelectual e artístico, logo que pudesse regressar a casa.

img504Continuando a homenagear a sua memória, através da obra que prodigalizou a milhares de jovens em tantas páginas de revistas como o Mundo de Aventuras, o Condor Popular e o Jornal do Cuto, e em inúmeros livros de colecções de bolso editadas pela Agência Portuguesa de Revistas (APR), da qual foi um dos principais colaboradores na área do desenho e da coordenação editorial, durante mais de 20 anos de profícua actividade, recordamos hoje outra das suas primeiras criações como autor de BD, dada à estampa por volta de 1958 na rara Colecção Audácia, cujos fascículos que formam o 5º volume se tornaram com o tempo os mais difíceis de encontrar.

Tal como “O Voto de Afonso Domingues”, um dos seus primeiros trabalhos de cariz histórico, já apresentado no nosso blogue (como podem ver aqui), este curto episódio evoca também um feito célebre da História de Portugal, narrando em imagens rústicas, mas de traço bem delineado, num estilo vigoroso, cheio de expressividade e movimento, a tomada do castelo de Santarém, durante as refregas com os Mouros pela expansão do território, no reinado de D. Afonso I.

Mais uma vez agradecemos a Carlos Gonçalves a colaboração que nos tem prestado, pois ficamos-lhe a dever a digitalização destas seis páginas (e respectiva capa), com a qualidade que os nossos leitores e amigos podem já de seguida apreciar.

Nota: “A Conquista de Santarém” foi publicada nos nºs 6 a 11 da Colecção Audácia, 5º e último volume. Na capa do fascículo nº 8, cujo tema central está assinado por José Baptista, notam-se também os traços de José Antunes, autor do cabeçalho, e de Carlos Alberto, que concebeu os frisos laterais, com figuras de vária índole. Os três eram, nessa época, os principais elementos da equipa de desenhadores da APR.

Conquista de Santarém 1+2Conquista de Santarém 3+4Conquista de Santarém 5+6

 

Advertisements

2 thoughts on “JOSÉ BAPTISTA (JOBAT)

  1. Bom Dia !
    Descobri por acaso esta página no momento em que procurava informação sobre a conquista de Santarém.
    Deparei-me com esta obra de arte de José Baptista (tomada do castelo de Santarém).
    Gostava de saber se é possível adquirir uma obra destas!

    Grato pela atenção.

    Miguel

  2. Visto tratar-se de uma publicação muito antiga e muito rara, os fascículos da “Colecção Audácia”, sobretudo os que compõem o 5º volume, estão entre os mais almejados pelos coleccionadores de BD. Pode fazer uma consulta a alguns alfarrabistas de Lisboa e do Porto. Com sorte e paciência, talvez consiga realizar o seu desejo. Para já, tem as páginas publicadas no nosso blogue, qualquer delas com boa definição, e que poderá imprimir, se quiser ficar com esse documento.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s