Quadras e Marchas populares

“OLHA O BALÃO!”

Versos da Pal (Palmira Bruno Ferreira), uma simpática presença feminina, das mais assíduas nos convívios do Mundo de Aventuras organizados pelo saudoso Sete de Espadas (pseudónimo de Manuel José Piedade Lattas), que coordenou durante muitos anos no       MA (2ª série) a popular e concorrida rubrica “Mistério Policiário”.

XYZ magazine  440À Pal, infelizmente também já desaparecida, aqui fica esta singela homenagem, com a poesia, a musicalidade    e o ritmo das suas quadras, inspiradas por uma tradição que não morreu, nem morrerá (apesar de todas as crises!) na alma do povo alfacinha e tripeiro: os festejos dos Santos Populares.

Em memória da Pal, que conhecemos nesses calorosos convívios do Mundo de Aventuras, fomos respigar as suas saborosas quadras a uma publicação criada pelo Sete de Espadas: o Xys Magazine (para ler os versos, clicar em cima da imagem e ampliá-la com um segundo clic).

OLHA O BALÃO!  44130 anos antes, em 1952, o Cavaleiro Andante evocou também os Santos Populares com a festiva capa do nº 23, em que, rivalizando com as fogueiras e os balões dos arraiais, brilhava o esfuziante talento de Fernando Bento.

CAVALEIRO ANDANTE Nº 23Nesse número e no seguinte, a revista ofereceu aos seus leitores, em vistosas separatas, com desenhos de José Manuel Soares, o desfile das marchas lisboetas, cujos ecos alegres devem ter animado ainda mais a comemoração dos primeiros seis meses de vida do garrido semanário.

Graças a José Menezes, a quem endereçamos os nossos agradecimentos, é-nos possível apresentar neste blogue as referidas separatas do Cavaleiro Andante, que provavelmente nunca tinham sido apreciadas pela grande maioria dos nossos leitores.

Marchas 1

Marchas 2

 

Advertisements

5 thoughts on “Quadras e Marchas populares

    • Também eu, de vez em quando, gosto de relembrar essa revista e outras realizações do saudoso “Sete de Espadas”, com quem convivi durante muitos anos, nos bons tempos do “Mundo de Aventuras”. Era uma figura incomparável, um homem de grande inteligência, cheio de energia e com um amor imenso pelo Policiário, ao qual deu um impulso decisivo nas décadas de 50 e 70. Voltaremos a falar dele neste blogue.

  1. Mais uma vez bem lembrado essa das festas populares. E sorte a minha que também tenho esse CA e as separatas. O CA teve tantas e tão boas, então aquela do aeroporto logo nos primeiros fascículos. Que tal os amigos deste blog como o José Meneses fez e muito bem começarmos a enviar as separatas e suplementos que saíram no CA. Eu tenho algumas, sempre que for preciso… abraço

    • Obrigado mais uma vez pelo seu comentário e também por nos oferecer generosamente a sua colaboração. Graças a bons amigos como José Menezes, Carlos Gonçalves e outros, temos podido apresentar neste blogue algumas peças curiosas e muito raras que infelizmente não figuram na minha colecção. É verdade que tem sido recíproco da minha parte, pois só assim, colaborando uns com os outros para colmatar as respectivas lacunas, podemos prestar um bom serviço à divulgação desta valiosa arte popular que é a Banda Desenhada, e a outras que com ela estão directamente relacionadas.
      Um abraço do
      Jorge Magalhães

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s